Memória – Edgard Leuenroth (1881-1968)

Posted on 18/11/15 por

0


Edgard Leuenroth participou ativamente do movimento operário e foi uma das principais referências do anarquismo brasileiro durante a primeira metade do século XX.

O ofício de tipógrafo o inseriu no movimento operário, onde ajudou a fundar o sindicato dos tipógrafos que mais tarde viria a se tornar o sindicato dos gráficos. Tornando-se uma das referências anarquistas no sindicalismo revolucionário de São Paulo e do Rio de Janeiro, foi um dos articuladores da Greve Geral de 1917.

Partidário do organizacionismo, esteve à frente de importantes periódicos anarquistas como A Plebe e Ação Direta. Foi por meio da imprensa que Edgard ajudou o anarquismo a resistir e se rearticular nos momentos de mais aguda repressão. Este militante compreendia que a memória também é um campo de disputa política, preocupando-se com a preservação da memória do anarquismo e do movimento operário, conservando grande volume de documentos, jornais, periódicos e outros arquivos.

Edgard Leuenroth é parte da história do anarquismo no Brasil.

 

Edgard_Leuenroth_prisão.png

Anúncios